Barcelona de Guayaquil 2020 - Análise Copa Libertadores

Barcelona de Guayaquil 2020 - Análise Copa Libertadores

30 de Março de 2020

O time do Barcelona de Guayaquil conseguiu se classificar na pré-libertadores e ingressou no torneio continental. Assim, adentrou em um grupo que conta com a equipe do flamengo em sua composição.

O Barcelona de Guayaquil no campeonato equatoriano

Considerado um dos grandes clubes do Equador, o Barcelona de Guayaquil disputa o campeonato equatoriano. Desse modo, tem como principal rival o time do Emelec e mantém grande popularidade em seu país.

Assim, já conseguiu ser vice-campeão da copa libertadores em duas ocasiões, o que demonstra que possui potencial na competição. No campeonato equatoriano o clube está na sétima posição na classificação geral.

E apresenta os seguintes números:

  • 5 pontos ganhos
  • 1 vitória
  • 2 empates
  • 1 derrota
  • Marcou 4 gols
  • Levou 4 gols
  • Mantém o saldo 0 (gols)

Embora o torneio esteja no começo, é possível notar que o Barcelona de Guayaquil tem feito uma campanha mediana. Em paralelo a esse campeonato, o clube disputou a pré-libertadores e obteve um desempenho melhor.

Barcelona de Guayaquil na pré-libertadores

Nesse sentido, o time apresentou uma boa campanha nos 3 jogos que antecedem a libertadores. Com isso, conseguiu eliminar 3 times e chegou até o grupo A da competição que conta com o Flamengo.

Na primeira rodada venceu o Progreso nos dois jogos e se classificou para a segunda fase. Em seguida, enfrentou o Sporting Cristal e conseguiu a classificação com 1 vitória e 1 derrota.

Então de forma surpreendente eliminou o time do Cerro Porteno vencendo os dois jogos e goleando o adversário. Assim, a expectativa cresceu em relação ao time que foi incluído na competição continental.

Enquanto que o Barcelona de Guayaquil marcou 15 gols e levou apenas 2, tendo como artilheiro Fidel Martínez (7 gols). 

O que esperar do Barcelona de Guayaquil na libertadores?

Embora os resultados apresentados na pré-libertadores foram muito bons, o clube deixou a desejar na libertadores. Pois, ao ingressar no grupo A da competição, perdeu o primeiro jogo para o Independiente del Valle.

O clube foi derrotado por 3 gols e não marcou, sendo dominado pelo adversário e tendo menos posse de bola. Na segunda partida novamente foi derrotado, agora para o Flamengo que venceu por 3 a 0.

Assim, o time que chegou forte ao torneio, amarga 2 derrotas e um saldo negativo de 6 gols. Além disso, ainda não marcou nenhum gol na competição, sendo diferente do que foi apresentado na pré-libertadores.

Então, isso leva a uma projeção negativa em relação ao clube que se perder o próximo jogo poderá se complicar. Pois, são apenas 6 jogos na fase de grupos e posteriormente se classificam os melhores.

De fato, com esse futebol apresentado as chances de eliminação se tornam maiores. Ao menos que a equipe volte a jogar o que demonstrou na pré-libertadores as projeções do time são negativas.

O mais curioso é que o atacante Fidel Martínez já marcou 7 gols na pré-libertadores. Contudo, não conseguiu balançar as redes na libertadores e o time ainda não marcou nenhum gol na competição.

Portanto, mediante ao momento atual o Barcelona de Guayaquil não vem fazendo grandes atuações e terá de melhorar seu futebol.